jusbrasil.com.br
21 de Agosto de 2017
    Adicione tópicos

    Defensoria integra mobilização que marca os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulhe

    Defensoria Pública da Bahia
    há 4 anos

    O Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública da Bahia - NUDEM integrará mobilização que marca os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra este grupo, promovida pelo Grupo de Trabalho da Rede de Atenção a Mulheres em Situação de Violência em Salvador e Região Metropolitana. O ato público reunirá diversas instituições e movimentos ligados à atenção e proteção das vítimas de violência na Bahia.

    O evento acontecerá na próxima segunda-feira, (25), - data marcada pelo Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher - na Praça do Campo Grande, em frente ao Teatro Castro Alves, a partir das 15h. Além da distribuição de material informativo sobre a temática, uma peça teatral abordando a violência contra esta parcela da população, além de apresentações sobre o fenômeno vão integrar a programação.

    Os 16 dias de ativismo pelo fim da violência contra mulheres, período que, no Brasil, se estende do dia 20 de novembro (Dia da Consciência Negra) até o dia 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos), tem o objetivo de promover o debate e denunciar as várias formas de violência contra as mulheres no mundo. Segundo dados e relatório publicado pela ONU, cerca de 35% de todas as mulheres do mundo vão sofrer violência doméstica ou fora do ambiente familiar, em algum momento de suas vidas. A agressão praticada pelo companheiro é o tipo mais comum de violência contra elas - 30% deste grupo em todo o mundo.

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)